Recapitulação do THE STRAIN: 'The Disappeared'

Recapitulação de THE STRAIN de Allison para a 1ª temporada, episódio 9, 'The Disappeared': de volta ao normal após o excelente estilo WALKING DEAD de 'Creatures of the Night' da semana passada

Depois do excelente da semana passada Mortos-vivos -esque 'Criaturas da Noite', as coisas voltaram ao normal em A tensão 's' Os Desaparecidos. ' A gangue continua se formando, o vírus se espalha, mais histórias de fundo sobre Abraham e Eichhorst e o Mestre são reveladas, e nós aprendemos que mesmo em tempos de apocalipse, há muito tempo para fazer amor (mas somente se você deixar claro para a pessoa imediatamente depois de que não significava nada para você). Além disso, que as crianças realmente gostam de lutar contra vampiros e não têm medo de queimar alguns corpos ao longo do caminho. Acerte no salto para saber por que 'há poder em nomear as coisas'.



Depois de alguns primeiros episódios tão expansivos, A tensão realmente estreitou seu foco consideravelmente. Por causa da interrupção do telefone e da Internet, a notícia não está se espalhando, mas o vírus, sim. E, no entanto, as pessoas ainda não parecem estar entendendo. Onde mora a amiga de Kelly, Diane, que ela ainda não encontrou um único vampiro? Abraham e sua turma não podem se mover sem tropeçar em um. Eles estão todos apenas se escondendo nos esgotos? (Aqueles que não estão se escondendo em suas casas, pelo menos).



Ainda não há um senso de escopo A tensão ainda, mas agora que o hacker holandês está com eles, até Abraham parece otimista com o que vai acontecer no futuro. Não demorou muito para ela revelar os detalhes de seu emprego recente: Eldritch Palmer disse a ela que desligou a Internet, e ela o fez - por um monte de dinheiro que sua colega de quarto e amiga / namorada Nikki roubou dela depois que ela escapou da loja de conveniência. O interesse de Abraham apenas desperta quando ela menciona uma 'figura de cera' (Eichhorst) trabalhando com Palmer. Agora, Abraham sabe quem deve visar e, possivelmente, onde. Enquanto isso, Dutch diz que pode fazer a internet voltar a funcionar, para que as pessoas possam começar a ver o que realmente está acontecendo e, com sorte, se organizar.

Enquanto isso, Abraham quer organizar sua própria gangue, e seu talento imediatamente o leva a Vasiliy. Vasiliy parece concordar sem a necessidade de muito convencimento (ele vê a escrita na parede tão clara quanto qualquer um e sabe que deve confiar em Abraão), mas tem que ir para casa para pegar algumas coisas primeiro: seus pais? ou equipamento de extermínio? Abraão também inclui Zach no plano, mostrando-lhe seus livros antigos e contando-lhe tudo sobre a queima de corpos, da qual Efraim esperava poupá-lo. Mas Zach não se incomoda com nada a respeito dos vampiros - incluindo ver um Matt vampiro massacrado diante de seus olhos - tornando-o muito mais útil do que Ephraim ou Nora no momento (embora o assassinato de Matt por Ephraim tenha sido bem foda).



Havia uma dica no enredo de Gus de que muitas pessoas 'doentes' estão começando a ser notadas, pelo menos de acordo com um dos oficiais correcionais. Mas, presumivelmente, no momento em que as transformações ocorrem, há muito pouco que pode ser feito a respeito, uma vez que aqueles ao seu redor são então transformados. Gus ajudou Felix o máximo que pôde, até que ficou claro que Felix era um Outro (e, felizmente, Gus já tinha visto um exemplo disso, então ele não - no estilo de Ephraim e Nora - tentou argumentar com ele. Ele acabou de atirar na cabeça dele). A tensão pelo menos tenta inserir um pouco de humanidade na carnificina - essas eram e ainda são, até certo ponto, pessoas - mas algo sobre isso simplesmente não se encaixa no tom geral da série. Corte cabeças, não anote nomes!

Do outro lado das coisas, flashbacks revelaram a gênese da transformação de Eichhorst em vampiro nas mãos do próprio Mestre (que, curiosamente, deixou Abraham ir - por que os grandes malvados estão sempre fazendo isso com seus inimigos mais tenazes?) O mais impressionante coisa sobre 'The Disappeared' foi, claro, a revelação do Mestre. Graças a Deus, ainda há algumas pessoas interessadas em efeitos práticos de monstros. A natureza estranhamente tátil de O Mestre em toda a sua glória Voldemort foi incrível de se ver, e uma boa adição a um episódio de outra forma mediano que focou principalmente no posicionamento.

Avaliação do episódio: B-



(O Mestre: A +)

Reflexões e Miscelânea:

- Porque Ephraim não tem sido um grande idiota nos últimos episódios, tivemos que ser lembrados disso quando ele disse a Diane em voz alta e na frente de Nora antes mesmo de ela ter colocado a calcinha de volta , que 'é claro' que ele ainda amava Kelly porque ela é sua esposa e mãe de seu filho. Desculpe, Nora.

- 'Esta não é a Argentina. Ela não desapareceu '- mais momentos de carinho de Eph.

-- Outro; Nora: 'Este é o memorial mais estranho de todos. Devemos dizer algo sobre ... 'Efraim:' Matt? Não.'

- 'Chore sua morte, então siga em frente. A vida vai insistir. ' - Abe.

- Ainda quero saber quem era o cara encapuzado de dois episódios atrás que salvou Neeva e as crianças.

The Strain Recap 1ª temporada, episódio 9, The Disappeared